FAZEMOS CONTEÚDO VOAR POR TODAS AS MÍDIAS

Texto ou código. Impresso ou bytes. Escrevemos. Programamos. Comunicamos. Ligamos marcas a pessoas em todos os dipositivos e plataformas.

NOSSAS HABILIDADES

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Tratamos de toda interação entre marca e imprensa. Estabelecemos relações com os meios de comunicação. E produzimos informações sobre as marcas atendidas. Assim, despertamos interesse e exposições. Cuidando do contexto, de olho na construção de imagem.

MARKETING DE CONTEÚDO

Somos hábeis em extrair conhecimento de marcas e produtos. E transformá-lo em conteúdo original. Artigos. Notícias. Informações. Tudo para abastecer blogs, aplicativos e sites. Os meios para atrair naturalmente clientes. E construir uma base leal.

APLICATIVOS E SISTEMAS EM NUVEM

Não se preocupe com tecnologia para distribuir conteúdo. Deixa com a gente! Em todos os dispositivos e plataformas, analisamos, criamos e gerenciamos. Entregamos rapidamentre produtos práticos para quem publica, e simples para quem consome.

CAMPANHAS DE E-MAIL MARKETING

Traçamos a campanha. Definimos o quê. De que maneira. E o formato ideal para comunicar. Acertando bem no meio do objetivo. Desde atrair novos clientes, até recuperar inativos. Atingimos, mensuramos e ainda explicamos resultados.

TRABALHAMOS COM AGILIDADE EFICAZ

PENSAMOS

Quem é o público? O que quer? Onde está? E transformamos nossas habilidades em recursos no plano para comunicar. Isto é, chegar, atrair, impactar e engajar.

CRIAMOS

Conteúdo. Caso necessário, a tecnologia para distribuição deste conteúdo. Incialmente, o essencial. Para testar a eficácia de cada recurso em comunicar.

TESTAMOS

O intuito é analisar. O quanto os recursos iniciais criados são capazes de impactar. Avaliamos para estimar. Sem desperdiçar. Mais recursos? Só se precisar.

LANÇAMOS

Finalizamos. Verificamos. Pronto. Lançamos! Claro, monitoramos. Quando necessário, ajustamos. E mantemos o plano funcionando, sempre se acertando.

Nicolas Ferreira entra para história do FMX nacional ao acertar o frontflip

Piloto executou a rotação para frente durante show na 15ª edição do Barretos Motorcycles

/ NICOLASFMX -
Nicolas Ferreira se mostra como um dos pilotos mais inovadores do freestyle motocross brasileiro Nicolas Ferreira se mostra como um dos pilotos mais inovadores do freestyle motocross brasileiro - Crédito Fotos: Best Trick

O frontflip representa um dos maiores marcos evolutivos do freestyle motocross. A execução da manobra envolve risco, técnica e certa engenhosidade. Definitivamente, abriu nova porta através da qual o FMX evoluirá nos próximos anos. E Nicolas Ferreira é o primeiro brasileiro a cruzá-la. Em 29 de abril, o piloto radicado em Sinop (MT) acertou o frontflip durante a 15ª edição do Barretos Motorcycles.

Basta observar o frontflip para notar todo o risco envolvido. Porém, além do perigo que impressiona aqueles que assistem à manobra, Nicolas aponta algo que pela perspectiva do piloto preocupa mais: a falta de visão. O piloto explica que o frontflip é um salto cego. Ou seja, na rotação para frente perde o contato visual com o pouso. Retomado poucos instantes antes de acertar a recepção.

A manobra é um salto de fé ancorado na técnica.

Técnica que Nicolas levou por volta de sete meses para dominar, contando desde a primeira rotação até o sucesso em Barretos. Neste período, a execução passou até por evolução. Inicialmente, Nicolas manobrava numa rampa conhecida como kicker. Com projeção mais curta, porém, mais para cima. Depois, passou para a rampa utilizada nos saltos, ditos, “normais”, sobre maiores distâncias.

Normais, mas no caso nem tanto. A rampa para o frontflip tem uma diferença fundamental: em sua extremidade há uma plataforma móvel, que impulsiona a traseira da moto, possibilitando que o piloto execute o giro à frente. E para Nicolas construir o dispositivo, uma figura foi crucial: Giovani Ferreira. Pai e ex-piloto de motocross. Ambos analisaram os sistemas utilizados pelos pilotos estrangeiros e criaram a solução brasileira.

No fim, após muito empenho, erros e acertos, Nicolas conseguiu. Aos 20 anos, tornou-se o primeiro piloto brasileiro a acertar o frontflip. E entrar no ainda restrito círculo desta manobra de vanguarda.

Nicolas Ferreira – “O frontflip envolve muitos desafios, como desenvolver a rampa articulada. Ainda há o risco do salto cego. Giro a manobra, e somente enxergo a recepção pouco antes de sentir a pancada do pouso. Apesar de tudo isso, ainda evoluí a manobra ao longo dos meses. No começo fazia o frontflip num kicker, com 11 metros de distância. Já para o Barretos Motorcycles utilizei outra rampa, saltando 15 metros de distância”.

CONTEÚDO RELACIONADO

PRECISA DE ALGO? DIZ PARA GENTE!

RECEBA NOSSOS RELEASES
Não compartilhamos seu e-mail!
VAI UM #CAFÉ?
Icone Email
info@whipress.com
Icone Skype
Whipress
Icone Telefone
(13) 98163-2565
SIGA-NOS!
Icone Facebook Icone Twitter Icone Twitter
Whipress Comunicação 2016. #GonzagaBeach - Santos - SP - Brasil